skip to main | skip to sidebar

O EPITÁFIO


Elder Ferreira

A Tormenta de Espadas - George Martin



Demorei tempo além do pretendido lendo o terceiro livro das Crônicas do Gelo e Fogo, A Tormenta de Espadas, mas cada capítulo cheio de sangue e outros cheios de luta ultrapassaram minha expectativa. George Martin é um velho feiticeiro, não há sombra de dúvida, que me pregava suas peças e me aturdia com as suas poções mágicas a cada parágrafo.

O terceiro livro continua as lutas que nasceram no primeiro e apresenta os filhos da batalha que se estendeu pelo segundo. Batalhas tanto travadas por terra quanto por palavras. Em algum lugar do terceiro livro surge uma citação, que não lembro direito qual, mas me sinto no direito de tentar reproduzir. Se ganha a guerra com palavras.

No tom agudo do tilintar de espadas e nas sábias palavras que um corvo pode transportar é onde reside a vitória. Ou não, depende dessas tais palavras que são transportadas. Catelyn já dizia: Asas escuras, palavras escuras. No meio de tantas tramas e palavras escuras (outras nem tão escuras assim), o livro caminha e termina, como gostam de dizer os críticos da Veja, de forma arrebatadora.

O terceiro livro, diferente do que alguns esperavam, vai ser divido em duas temporadas na série televisiva baseada na saga. O autor fez questão de dizer no seu live journal que a série foi renovada pra uma terceira temporada e que essa temporada irá cobrir mais ou menos até a metade do terceiro livro. Já considero até a metade o suficiente para mini-ataques cardíacos. Mas vamos esperar. Por enquanto, me limito a mais comentários, senão acabo soltando spoilers.

Pretendo, tão cedo quanto for possível, ler novamente os três primeiros livros. Talvez esse cedo se dê por Dezembro, quando talvez eu já tenha diminuído a minha pilha de livros que preciso ler. Soa de um fanatismo dizer que vou reler, mas me justifico pelas palavras da velha ama do Bran Stark: “Velhas histórias são como velhos amigos. Temos que visitá-las de vez em quando”.


Também já dei os primeiros passos no quarto livro. “Velhos poderes acordam. Sombras se agitam”. Espero terminá-lo antes do dia 25/06, quando será lançado o quinto livro da saga. Até lá, continuo hipnotizado pelas palavras do velho Martin.

Nota: 5 corvos.





6 comentários:

  1. Se eu nunca tivesse lido o livro, iria começar a ler agora, haha. Disse tudo que o livro é: arrebatador.

    ResponderExcluir
  2. ADOREI a resenha, Elder!
    Foi bem limpa e disse tudo que tinha pra dizer.
    Definitivamente, tu te dá bem com as palavras ;)

    PS: Corre pra terminar o meu e alcançar vocês. Mwah.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  3. Eldeeeeeeeeer!! Amei a resenha!! parabéns *-*

    Estou tentando vencer minha lista de livros pra ler pra poder embarcar de vez nas palavras de Martin, espero que eu consiga logo rsrs

    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Nossa eu sou louca pra ler essa coleção, mais ainda não comprei nenhum, se for assim como diz é otimo mesmo..
    Adorei..
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi adorei sua resenha...mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos..acesse o link..www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem..

    ResponderExcluir