skip to main | skip to sidebar

O EPITÁFIO


Elder Ferreira

Peça Passageira - Poesia

Que peça é essa amor, que te dedico...
Disfarçada de rosas que nos sonhos plantei,
Onde o beijo do Caos se resume no grito
Sucumbido na dor desta terra sem lei.

Sussurras meu bem, gostas deste teatro?
Talvez os teus lábios não me respondam,
Bem sei que estes, se veem cansados
De trocar a mim pela espuma das ondas.

Inútil, te chamo ao som de uma voz
Que chamou e clamou por um sonho esquecido,
Enquanto minha flor tu andas veloz
Deixando no vento teu aroma perdido.

Embarcas na vida e somes n'aurora...
O destino agora é tua única nau,
Espero o minuto a todas as horas
Preparando o meu corpo para o grande final.

Nenhum comentário: